Nano alimentos

Nano* alimentos

A nanotecnologia pode beneficiar a indústria alimentar e os consumidores de duas formas principais:

  1. Usando nanomateriais ou nanoestruturas para reduzir a quantidade de gordura, aditivos químicos, sal ou açúcar em alimentos, sem alterar seu sabor;
  2.  Através do desenvolvimento de novas embalagens que mantém os alimentos frescos por mais tempo e, possivelmente, indicar ao consumidor a qualidade dos alimentos de dentro para  fora. As embalagens ditas “inteligentes”  podem também permitir que os alimentos sejam armazenado em condições ambientes, ao invés de frigoríficos e congeladores, reduzindo assim o consumo de energia.

Para saber mais, clique aqui

Fonte: Nano alimentos

Os seguidores de Erhlich

Liderados pelo cientista alemão Paul Ehrlich, no final do século 19 começou uma nova era na farmacologia. Embora a ideia original de Ehrlich nos pareça perfeitamente óbvia agora, durante muito tempo ela foi considerada estranha aos conceitos da época.

paul-ehrlich
Paul Erhlich e sua proposta de alvo terapêutico – a bala mágica

Erhlich propunha que cada doença deveria ser tratada com um fármaco específico, e que a tarefa do farmacologista era encontrar estes tratamentos testando sistematicamente fármacos em potencial.

salvarsan2
Ampola de Salvarsan

A abordagem funcionou: o maior triunfo de Ehrlich foi sua descoberta do Salvarsan, o primeiro tratamento eficaz para a sífilis e outra doenças sexualmente transmissíveis, após avaliar 605  diferentes compostos contendo arsênico.

Mais tarde, outros cientistas tiveram sucesso no desenvolvimento de novos medicamentos. Por exemplo, ensaios com corantes contendo enxofre levou à primeira “molécula milagrosa” do século 20 – a sulfa.

Os medicamentos da classe das  sulfas, usados para tratar infecções bacterianas. Durante a década de 1940, as sulfas foram rapidamente substituídas por um novo, mais poderoso e mais seguro fármaco antibacterianas, penicilina originalmente extraído do fungo Penicillium.

Por Gyselle Holanda

Quem desenvolve os medicamentos???

Um medicamento é desenvolvido por uma equipe de cientistas treinados para compreender e avaliar os riscos e benefícios de um novo produto desse tipo.

353456

Para encontrar um novo fármaco que promova a saúde e/ou modifique uma doença, os cientistas procuram moléculas com propriedades adequadas. Normalmente milhares de combinações de moléculas são rastreadas, a fim de encontrar um produto que seja seguro e eficaz.

Uma vez que um fármaco é identificado, as suas características devem ser determinadas através da análise química e bioquímica. Em seguida, diversas formulações são produzidas com esse fármaco e administradas em animais e humanos para avaliar a segurança e eficácia do produto. O produto (proposta de novo medicamento) é, finalmente, avaliado pelas agências regulatórias e somente após essa aprovação pode ser liberado para comercialização. Obviamente, isso só acontece se os benefícios superarem os riscos e se for seguro e eficaz. Esse processo pode levar até 20 anos e custar milhões de dólares.

O objetivo de desenvolvimento de medicamentos é produzir produtos terapêuticos seguros e eficazes para a promoção da saúde e a prevenção, cura e/ou tratamento de doenças.

Nos últimos anos houve grandes descobertas que beneficiaram a humanidade. Dentre elas a compreensão do genoma humano, que é o modelo genético para a construção de um ser humano. transgenic-590Essas informações de como o sistema humano funciona em nível molecular permitirão aos cientistas criarem melhores terapias para tratar, prevenir e curar doenças. Outras realizações incluem a descoberta dos antibióticos, a vacina contra a poliomielite, os avanços em biotecnologia, métodos analíticos e as ferramentas de modelagem computacional.

Os medicamentos são desenvolvidos por uma equipe de cientistas que se especializaram em áreas específicas. Alguns dos cientistas são químicos medicinais ou farmacêuticos que sintetizam e analisam fármacos, outros são os farmacêuticos que formulam essas moléculas terapêuticas em formas farmacêuticas adequadas à administração, outros são farmacologistas que examinam o metabolismo em animais e no homem, além do médicos que avaliam a segurança e eficácia do produto na população doente.

Product___Brand_Marketing_Photo_1

Esta equipe de profissionais é comprometida com a produção de terapias eficazes, seguras para necessidades da população. O desafio de desenvolver um medicamento é um trabalho árduo e muitas vezes durante o processo, os cientistas se deparam com decepções durante as etapas devido as preocupações com segurança, inaceitável ​​ou baixa eficácia do produto. Infelizmente, há alguns fracassos  no desenvolvimento de medicamentos, por isso ainda existem algumas doenças sem tratamento ou tratamentos que não são completamente eficazes.

Por Gyselle Holanda